Pesquisar
Close this search box.

Nossas Unidades

Seja Atendido em nossas

Telefone

Início » Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

Conceito sobre inspeção veicular

A inspeção veicular é o processo de avaliação do veículo quanto à manutenção das especificações do fabricante ou, de outra maneira, ao cumprimento de legislações pertinentes para a circulação em via pública, mantendo a frota em conformidade com normas específicas.

Em geral abrange tanto o aspecto da segurança quanto de emissões (gases e pressão sonora) e tem sido objeto de compulsoriedade em diversos países como ferramenta para a redução do número de acidentes e poluição do ambiente.

A inspeção veicular é responsável pela identificação e, indiretamente, a retirada de circulação de veículos potencialmente perigosos ou poluidores, prestando um importante papel à sociedade e ao bem comum.

No Brasil, a inspeção veicular, obrigatória apenas para uma parte específica da frota, é gerida pelo Departamento Nacional de Trânsito (SENATRAN) e Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), sendo sua execução competência legal da engenharia mecânica, nos preceitos da Resolução 458/2001 do Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura (CONFEA).

Há centenas de estações de inspeção veicular atualmente em operação no Brasil e estima-se que ao longo de 14 anos mais de 10 milhões de inspeções tenham sido realizadas. 250 milhões é o número de inspeções veiculares anuais realizadas em todo o mundo pelos membros do Comitê Internacional de Inspeção Veicular (CITA), principal entidade do setor.

Ao longo do tempo o custo de manutenção para a garantia da aprovação na inspeção veicular determina o fim da vida útil do veículo, estimulando, pois, a renovação da frota e, por consequência, o trânsito, o meio ambiente e a economia.

 

Em resumo: A Inspeção de Segurança Veicular é a Inspeção técnica realizada em veículos por Organismo de Inspeção, com a utilização de equipamentos eletromecânicos, visualização e ou ensaio dinâmico, baseado em parâmetros estabelecidos em normas, regulamentos técnicos e legislação vigente, visando atestar que o veículo, objeto da inspeção, pode circular em vias públicas sem oferecer riscos à segurança.

No Brasil, a inspeção em veículos teve início na cidade de São Paulo/SP em 1962. Feita inicialmente pelo DSV (ex-Detran) verificava visualmente a boa conservação do veículo, lanternas, faróis, freios e documentação do veículo.  Na placa traseira do veículo havia uma tarjeta, e esta era trocada pelo inspetor após a aprovação do veículo.

Em 1966, foi sancionado o, agora antigo, Código Nacional de Trânsito (Lei 5.108/66) regulamentando a inspeção veícular (Cap VI, art. 37), anual e obrigatória para todos os veículos, feita pelo Detran/Ciretran de cada cidade, sendo a aprovação do veículo condição para efetuar o licenciamento anual. Em 1978, o Decreto 82.925/78 especifica a inspeção dos equipamentos de segurança obrigatórios, segundo as legislações vigentes na época.

Em 1979, o DSV de São Paulo/SP dispensou da inspeção veículos fabricados a partir de 1970.

Em 1983, a inspeção foi regulamentada pelo Contran (Resolução 623/83), tornando-se facutativa a critério do Detran ou Ciretran, podendo ser realizada pelo próprio Detran ou por oficinas credenciadas (OI – Organismos de Inspeção).

Em 1997, o atual Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), determinou claramente duas modalidades de inspeção veicular, quais sejam: Inspeção Técnica Veicular (ITV), descrita no art. 104, e a Inspeção de Segurança Veicular (ISV), prevista no art. 106. A ITV – Inspeção Técnica Veicular está em fase de discussão em projeto de lei (Projeto de Lei da Câmara dos Deputados 5979/2001) específico que tramita no Congresso Nacional e encontra bastante resistência para sua implantação.

Já a ISV – Inspeção de Segurança Veicular encontra-se em funcionamento desde o antigo Código Nacional de Trânsito (Lei 5.108/66, revogada) e é realizada por entidades públicas ou privadas acreditadas pelo INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia e licenciadas pelo SENATRAN – Secretaria Nacional de Trânsito, conforme disposto na Resolução 232 do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN.

As normas técnicas da ABNT NBR 14040:1998 (veículos automotores, exceto motocicletas e assemelhados) e 14180:1998 (motocicletas e assemelhados), ambas divididas em 12 partes, especificam os métodos de inspeção visual, inspeção mecanizada e automatizada. Sobre a vistoria veicular, como anteriormente definida, no Brasil, desde 2007, com advento da Resolução 282 do CONTRAN, e pela Resolução 466 do mesmo órgão (2013), passa-se por um processo que possibilita a sua permissão/autorização à iniciativa privada, sob o entendimento de que a vistoria veicular não é uma atividade fim do Estado, mas um meio de garantir a segurança no registro de veículos, processos de transferências e outros, para fins de licenciamento pelos órgãos de trânsito dos Estados e do Distrito Federal, essa mesma questão também é frequentemente debatida nos tribunais para a concessão à iniciativa privada dos serviços públicos de inspeção veicular, seja de segurança, técnica ou ambiental. Há, ainda, a inspeção veicular ambiental, regulamentada pela Resolução 418/2009 do CONAMA, que foi republicada no Diário Oficial da União do dia 01/04/2010 e regulamentada pela Instrução Normativa 6, de 09/06/2010, do Ibama – Instituto Brasileiro de Meio Ambiente. Tal inspeção restringe-se à realização de testes no sistema de exaustão, verificando os níveis de gases, poluentes e ruídos.

Nos veículos Ciclo Otto gasolina, etanol e GNV Equipamento denominado “Analisador de Gases”, que verifica os índices de HC, CO, O2 e CO2 colhidos no escapamento do veículo. Nos veículos Ciclo Diesel mede-se o grau de enegrecimento da fumaça (denominado “opacidade”) através do equipamento denominado opacímetro. Verifica o grau de opacidade da fumaça por meio da frequência e comprimento de onda do raio infravermelho que atravessa a amostra de fumaça na câmara escura do equipamento.  

A inspeção veicular no Brasil, é de competência legislativa da União, de forma que aguarda a definição de seu marco regulatório. Já a inspeção veicular ambiental, conforme delimitado pela regra geral em âmbito federal, coube aos Estados e Municípios, sendo que para os Municípios.

Inspeção Veicular: Tudo o que Você Precisa Saber

Condições do Veículo e Emissão de CERTIFICADOS/LAUDOS:

O resultado da inspeção veicular representa a situação do veículo no momento da avaliação.

Ressaltamos que o pagamento da taxa da inspeção não garante a emissão automática do Certificado de Inspeção (CIV/CIPP/CSV) ou do laudo técnico (LT). A emissão desses documentos depende exclusivamente do resultado da inspeção (APROVAÇÃO ou REPROVAÇÃO).

Inspeção Técnica Detalhada para Sua Segurança:

Durante a inspeção, meticulosamente verificamos todos os itens de segurança do seu veículo/equipamento, assegurando sua conformidade com as normas em vigor. Isso inclui:

  • Suspensão;
  • Sistema elétrico;
  • Freios;
  • Pneus (estado, calibragem)
  • Presença de macaco, chave de rodas e extintor;
  • Cintos de segurança;
  • Alinhamento;
  • Entre outros aspectos relevantes

A avaliação vai além dos itens que motivaram a inspeção, garantindo uma análise completa do estado do seu veículo do ponto de vista de segurança veicular.

Entrega do Certificado/Laudo:

Em geral, o certificado ou laudo é entregue imediatamente após a conclusão da inspeção. No entanto, a identificação de não conformidades no veículo durante a avaliação pode atrasar a emissão. Nestes casos, o certificado só será emitido após a correção satisfatória das não-conformidades encontradas (inspeção de retorno).

Priorizando sua Segurança e Tranquilidade:

A inspeção veicular garante a segurança do seu veículo e de todos os ocupantes, além de contribuir para a preservação do meio ambiente. Mantenha seu veículo em dia com as inspeções e dirija com tranquilidade! 

Sua Segurança em Foco: Mais de 150 Itens Inspecionados na Inspeção Técnica de Segurança Veicular.

Garantia de um Veículo Seguro para Você e sua Família:

 

A inspeção Técnica de Segurança veicular completa oferece tranquilidade e segurança para você, sua família e para terceiros, pois é verificado minuciosamente mais de 150 itens, assegurando que seu veículo/equipamento esteja em plenas condições de funcionamento.

 

Entre os principais pontos inspecionados, destacamos:

 

        1.  Sistema Elétrico:

  • Bateria: Fixação, estado geral e polos.
  • Cabos e Fiação: Fixação, estado de conservação e isolamento.
  • Luzes e Lanternas: Funcionamento, lentes e lâmpadas.
  • Fusíveis e Relês: Funcionamento e estado geral.

        2.   Segurança Essencial:

  • Extintor de Incêndio: Validade, lacre intacto e pressão adequada.
  • Triângulo de Sinalização: Presença e bom estado de conservação.
  • Cintos de Segurança: Funcionamento, retração e ancoragens.
  • Airbags: Funcionamento(quando presente no veículo).

        3.   Pneus e Rodas:

  • Pneus: Desgaste, calibragem, estado geral e medidas corretas.
  • Rodas: Alinhamento, balanceamento, fixação e avarias.
  • Estepe: Condições de uso e calibragem adequada.

        4.   Suspensão e Freios:

  • Suspensão: Amortecedores, molas, bandejas, buchas e estado geral.
  • Freios: Funcionamento do sistema hidráulico, pastilhas, discos e tambor de freio.
  • Freio de Mão: Funcionamento e eficiência.

        5.   Outros Componentes:

  • Motor: Óleo, água, vazamentos e estado geral.
  • Transmissão: Engrenagens, embreagem e trocador de marchas.
  • Escapamento: Corrosão, ruídos e fixação.
  • Vidros: Para-brisa, laterais e traseiros (condições e película).
  • Retrovisores: Funcionamento e regulagem.
  • Limpador de Para-brisa: Palhetas, motor e reservatório de água.
  • Buzina: Funcionamento adequado.
  • Bancos: Fixação, revestimentos e ajustes.
  • Sistema de Direção: Funcionamento, folgas e alinhamento.
  • Para-choques: Fixação, altura, largura, material utilizado e estado geral.
  • Tanque de Combustível: Fixação, estado geral e vedação.
  • Ferramentas Obrigatórias: Macaco, chave de roda e triângulo de sinalização.
  • Etc.

 

 Inspeção Rigorosa para um Diagnóstico Completo:

 

 A inspeção vai além dos itens listados acima, realizando um diagnóstico completo do veículo, inclusive verificando a presença de corrosão, ruídos e avarias
 em diversos componentes.

 

 Segurança em Primeiro Lugar:

 

 A inspeção veicular é fundamental para garantir a segurança do seu veículo, dos passageiros e de todos os envolvidos no trânsito.

 Mantenha seu carro em dia com as inspeções e dirija com tranquilidade!

 

 

Feito com muito 💜 por go7.com.br

Adicione o texto do seu título aqui

No data was found